Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

*José Frederico Meier Neto

São definidas atividades de zeladoria no serviço público como as atividades que visam a manutenção, conservação e limpeza de bens de uso comum de infraestrutura, como ruas, avenidas, canais fluviais, galerias, praças, parques etc.



Como exemplo de atividades de zeladoria podemos citar: poda de árvores, manutenção de pavimentos asfálticos de ruas e avenidas, limpeza de córregos e galerias, iluminação pública, varrição, coleta de lixo, coleta de entulho, manutenção de praças, corte de grama etc.

O bom desempenho do gestor público municipal na atuação das atividades de zeladoria dos municípios implica na sensação de bem estar, segurança e qualidade de vida da população.

A incorporação de ferramentas tecnológicas por parte da Administração Pública tem obtido êxito em várias partes do mundo.

Nesse sentido, algumas Cidades brasileiras têm incorporado o uso de um aplicativo de celular que possibilita ao cidadão afetado por algum problema da esfera do Poder Público Municipal, participar da solução de tais problemas, com ênfase nas atividades de zeladoria.

É uma espécie de rede social de queixas. O cidadão, através de seu smartphone, tira fotos e localiza as situações problemáticas através de GPS, enviando-as para as autoridades responsáveis pelo assunto.

Porto Alegre, Natal, Teresina, Santos são exemplos de Cidades que utilizam aplicativos.

Problemas já identificados pelos munícipes com base nos aplicativos : buracos na pista, falhas na iluminação pública, lixo na rua, focos de mosquito da dengue, necessidades de podas de árvores, necessidade de limpeza de córregos, boca de lobo entupida etc.

O aplicativo permite que o munícipe informe às autoridades sobre os problemas de zeladoria e receba, posteriormente, o retorno sobre a solução dos mesmos.

Esse sistema de monitoramento permite uma série de vantagens:
- Agilidade no apontamento do problema e na sua solução;
- Transparência nos Atos do Executivo;
- Satisfação da população;
- Solução rápida de problemas gera economia aos cofres públicos.

Como se trata de uma experiência bem sucedida nas cidades pioneiras citadas, seria muito interessante a implantação desse tipo de aplicativo pela Prefeitura Municipal de São Paulo para que seus cidadãos pudessem colaborar com a solução de seus problemas urbanos. Zeladoria digital: tecnologia a serviço da sociedade.

 

 *José Frederico Meier Neto, engenheiro civil formado pela Escola Politécnica da USP, com Pós Graduação em Administração Industrial e Finanças Empresariais. É Assessor Técnico e Professor de Matemática Financeira da Escola de Gestão e Contas Públicas Conselheiro Eurípedes Sales do Tribunal de Contas do Município de São Paulo.


 

Os artigos aqui publicados não refletem a opinião da Escola de Contas do TCMSP e são de inteira responsabilidade dos seus autores.


Adicionar comentário

Código de segurança

Atualizar

Facebook


Twitter

 

Youtube