Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

*José Frederico Meier Neto

A lei da Oferta e da Procura é uma lei econômica básica para a formação de preços de produtos.

A importância da Oferta e da Procura nas relações econômicas já era estudada na Idade Média.

O economista britânico Alfred Marshall verificou que oferta e procura funcionam juntas para gerar o preço de mercado de um produto. Ele criou o gráfico conhecido como a “Cruz de Marshall”, que será explicado logo a seguir.

A Lei da Oferta  é determinada pela perspectiva do produtor e funciona da seguinte maneira: desde que seu produto tenha boa aceitação no mercado, o produtor vai querer produzir cada vez mais e com preços crescentes para maximizar o seu lucro. Se representarmos essa situação num gráfico “Preço x Quantidade” (preço no eixo vertical e quantidade no eixo horizontal) teremos uma curva crescente.

A Lei da Procura, por sua vez, é determinada pela perspectiva do consumidor e funciona da seguinte maneira:  um produto com boa aceitação de mercado se produzido em pouca quantidade, vai gerar uma disputa pela sua aquisição, o que acarretará uma elevação dos preços. Pela mesma ótica, se a quantidade produzida for muito grande de modo que sature o mercado, o interesse do consumidor pelo produto já adquirido, torna-se baixo. A única maneira de incentivar o consumidor a comprar novamente é baixar os preços. Se representarmos essa situação no gráfico “Preço x Quantidade” (preço no eixo vertical e quantidade no eixo horizontal), teremos uma curva decrescente.

Se colocarmos no mesmo gráfico “Preço x Quantidade” as duas curvas, da oferta e da procura, o ponto onde elas se cruzam será o ponto de equilíbrio que determinará o preço de mercado de determinada quantidade do produto. Teremos, então, a Cruz de Marshall.

Portanto, na condição de equilíbrio, o preço da procura iguala-se ao preço da oferta.

Preço da oferta: preço que os produtores estão dispostos a receber por uma certa quantidade de produto produzida.

Preço da procura: preço que os compradores estão dispostos a pagar por uma certa quantidade de produtos.

Na prática, existem outros fatores que definem a demanda além do preço do produto, como: poder aquisitivo do comprador, preços de outros produtos similares da concorrência, gosto do comprador etc. O conceito aqui explicado é uma visão um pouco mais simplificada que dá, porém, uma boa idéia de como funciona essa “lei” tão importante que regula os preços na economia.


Palavras Chave: Economia, Oferta, Procura, Preço, Marshall

*José Frederico Meier Neto, engenheiro civil formado pela Escola Politécnica da USP, com Pós Graduação em Administração Industrial e Finanças Empresariais.
É Assessor Técnico e Professor de “Avaliação Econômica de Projetos Governamentais : Parcerias Público Privadas” da Escola de Gestão e Contas Públicas Conselheiro Eurípedes Sales do Tribunal de Contas do Município de São Paulo.


Os artigos aqui publicados não refletem a opinião da Escola de Contas do TCMSP e são de inteira responsabilidade dos seus autores.

 

 


Adicionar comentário

Código de segurança

Atualizar

Facebook


Twitter

 

Youtube